A oficina de interpretação organizada pela Cena Lusófona e pelo Centro de Intercâmbio Teatral de São Tomé (CIT São Tomé) no âmbito do projecto P-STAGE termina esta quarta-feira, 31 de Julho, com a apresentação pública do exercício final. A sessão tem lugar no Pavilhão Cultural Dra. Alda Espírito Santo, no Liceu Nacional, às 18h00. A entrada é livre.

Márcio Meirelles (foto: Eduardo Pinto)

Márcio Meirelles (foto: Eduardo Pinto)

Cerca de trinta actores são-tomenses, oriundos de seis grupos teatrais de São Tomé, concluem esta quarta-feira a oficina de quatro semanas dirigida pelo encenador brasileiro Márcio Meirelles. A formação é uma das actividades incluídas no projecto P-STAGE – Portuguese-Speaking Theatre Actors Gather Energies (IV Estágio Internacional de Actores), financiado pela União Europeia no âmbito do programa ACP Cultures e desenvolvido em parceria entre a Cena Lusófona, o Elinga Teatro (Angola) e a AD – Acção para o Desenvolvimento (Guiné-Bissau).
À semelhança do que aconteceu com as oficinas realizadas em Angola e na Guiné, serão seleccionados dois actores entre os participantes para integrar o elenco do espectáculo “As Orações de Mansata”, cujos ensaios começam já na próxima segunda-feira, dia 5 de Agosto, também em São Tomé. Com estreia prevista para 17 de Outubro, em Coimbra (Portugal), este espectáculo será dirigido por António Augusto Barros e conta com um elenco de 13 actores, provenientes de seis países da CPLP: Portugal, Brasil, Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Moçambique.

Anúncios