Decorreu esta quarta-feira a apresentação do exercício final da oficina de interpretação que Márcio Meirelles dirigiu em São Tomé, no âmbito do P-STAGE.

exercicio01

foto: Eduardo Pinto

exercicio02

foto: Eduardo Pinto

 

Cerca de 30 actores e músicos actuaram perante uma plateia de cerca de sessenta pessoas, no Salão Cultural Dona Alda Espírito Santo, no Liceu Nacional de São Tomé e Príncipe. Entre os presentes estavam, para além de vários representantes da comunidade teatral do país, a Embaixadora e o Secretário da Embaixada de Portugal em São Tomé e o Ministro da Educação, Formação e Cultura e o Director-Geral da Cultura de São Tomé.

No mesmo dia, e aproveitando a montagem do exercício final, o iluminador português António Rebocho deu início à oficina de iluminação cénica que vai decorrer, também no espaço do Liceu Nacional, até 9 de Agosto.

As duas actividades integram o conjunto de actividades previstas no projecto P-STAGE – Portuguese-Speaking Theatre Actors Gather Energies (IV Estágio Internacional de Actores), desenvolvido pela Cena Lusófona em parceria com o Elinga Teatro (Angola) e a AD – Acção para o Desenvolvimento (Guiné-Bissau), tendo como associados o Centro de Intercâmbio Teatral de São Tomé, o Teatro Vila Velha (Salvador, Brasil), A Escola da Noite (Coimbra, Portugal), a Companhia de Teatro de Braga e o Theatro Circo de Braga (Portugal).

oficinarebocho01

foto: Pedro Rodrigues

oficinarebocho02

foto: Pedro Rodrigues

 

Na próxima segunda-feira tem início, ainda em São Tomé, a primeira fase dos ensaios do espectáculo “As Orações de Mansata”, de Abdulai Sila, que contará com um elenco internacional, com actores de seis países lusófonos: Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. A estreia deste espectáculo está marcada para 17 de Outubro, em Coimbra, no Teatro da Cerca de São Bernardo.

 

Anúncios